PROSA

Do ensino*



As cigarras não mais farão as garotinhas gritarem de medo. Aquela, em especial, não vai mais me arranhar quando eu for embora fingindo ser um MacGyver a escapar por entre os portões que se fecham. Ninguém vai aprender a andar de bicicleta. Ninguém vai quebrar o braço correndo em volta da piscina. Ninguém vai fazer guerra de mamona. Ninguém vai mijar nas calças. Ninguém vai competir para copiar a matéria da lousa. Ninguém vai sentir o odor de álcool da folha de exercícios mimeografados. Ninguém vai dizer que ama o cheiro de glifosato pela manhã. Ninguém vai cantar hinos infantis alinhados em filas militares. E ninguém ensinará pequenices eternas. Aquelas crianças também não mais encherão de ar as embalagens descartáveis do achocolatado; está proibido que as pisem e estourem o mundo em risos banguelas. Vamos aproveitar para dar adeus aos cabelos grisalhos aos 5 anos. De amanhã em diante, non scholae sed vitae discimus: o Jardim Escola Bambam & Pedrita fechou. Antigamente, havia o frescor das brumas. Agora, a neblina que resta fede.


*Conto reproduzido do livro "Lá, onde uma porta jamais parou de bater", edição do autor (Selo Arcada - 2018). Mais informações em https://www.leiaarcada.com/

foc

Danilo Botelho Lannes Fochesatto nasceu em Cuiabá (MT). É formado em computação e direito,com mestrado em inovação, mas se (des)encontrou na literatura. Além do livro mencionado acima, lançou "8ito" (Arcada Dentária e A Fábrika - 2007), livro de contos. Em 2018, com Júlio Custódio, Lorenzo Falcão e Rodrigo Meloni, criou o Selo Arcada, uma espécie de confraria literária focada em autopublicações. Dizem as boas e as más línguas que está (eternamente) finalizando um romance que vai chegar em 2021

 

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
26.07.21 19h00 » Pensamentos de uma autora aclamada
26.07.21 19h00 » Convite à poética de Santiago Villela Marques
19.07.21 17h22 » Bem pra lá de Araçatuba*
19.07.21 17h22 » Seleção de frases*
16.07.21 16h18 » À flor da pele
12.07.21 17h00 » Primeiro dia de aula*
12.07.21 17h00 » A armadilha*
05.07.21 19h08 » A matemática não falha*
05.07.21 19h07 » Embaçado na vista*
30.06.21 22h40 » 8.916.100.448.256 = 12¹² *
28.06.21 18h07 » Gestalt*
28.06.21 18h07 » O ato criador*
21.06.21 18h17 » O Eclipse*
21.06.21 18h17 » A ficção mágica de um sertanejo inquieto
14.06.21 18h50 » O Inominável (trecho inicial)
14.06.21 18h50 » Quando somente a arte parece simbolizar a liberdade*
14.06.21 13h47 » Ruptura
07.06.21 18h58 » A antiga dama*
07.06.21 18h58 » Seleção de frases*
31.05.21 18h57 » Governo*

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet