CRÔNICA

Danço eu, dança você



cueto miolo

Na Cúpula do Clima, convocada pelos USA, diante das maiores nações do mundo, sob o peso de um aumento de 216% de desmatamento na Amazônia Legal em relação a março do ano passado, haverá 3 minutos de "explicação" do inexplicável

Que o raio de luz do luar, esse que invade sua cela, querida cronista voluntariamente isolada do outro lado do túnel, seja suficiente para iluminar sua alma e gerar o perdão que agora, euzinho, Pluct Plact, o extraterrestre, peço por minha ausência, cada vez mais prolongada. Juro (humanamente) que vou mudar de atitude.

Seu amigo está exausto de tanto interlocutar! Quantas vezes procurei um tempo para atualiza-la sobre os últimos eventos planetários. Não consegui abrigo num pôr do sol que estimulasse o exercício (tão prazeroso antigamente) de procurar assuntos que fisgassem sua imaginação e funcionassem como estímulo à manutenção do seu fio terra.

Foi nele que me enrolei nessa tarefa hercúlea de intermediar os contatos entre os seres intergalácticos que chegam e os locais. Não consigo desenrolar mapa mundi do panorama mundial com a mesma clareza e generosidade que você, cronista, me aplicou nos nossos diálogos pela janela da cela. Não há luz do luar para dourar a pílula dos fatos que por aqui se desenrolam.

Não tem sequência de jogada de xadrez tridimensional capaz de provocar uma mexida tão radical no tabuleiro quanto as que tenho registrado meticulosamente. Haja nuvem e capacidade de combinação no banco de dados.

Para começar, existimos oficialmente! Reconhecidos pelo Pentágono. Também, como permanecer incógnito depois do deslumbrante desfile dos faraós pelas ruas do Cairo? Todas as divindades ali, a céu aberto, solenemente conduzidas pela avenida cenograficamente iluminada... Não, não foi um desfile de carnaval (tá com saudades, é? Pois vai ficando). Foi à vera, foi real e atraiu energias poderosas, desconhecidas para terráqueos. Nem você, cronista aluada, imagina o que aconteceu com o equilíbrio dos visitantes. Tipo um gole único e completo numa dose dupla de Jack Daniel’s. Bateu e voltou.

Enquanto batia e, na embriaguez, as naves pirilampearam despidas de discrição em vários pontos do planeta, a galera liberou geral. No sentido mais amplo e irrestrito da expressão. Até o ex-presidente Lula recebeu passe livre, acredite! A chacoalhada energética produziu outros fenômenos numa cadeia improvável de modelagem (anda na moda com os estudos estatísticos da covid-19) inalcançável, como um desvio de trajetória ocasionado por um acidente de percurso.

E voltou. As coisas iam de mal a pior com o “coiso do meu”. Meu exército, meu poder, meu (des)governo encaminhando o país da pandemia ao pandemônio anunciado e, sabemos, inevitável, garante a modelagem (de novo ela). Povo na corda bamba, economia no V de vão sem fundo, inflação que nem pipa em vento ascendente, falta de hospitais, médicos, insumos, vacina, vergonha na cara. E o Centrão, centrão. Sugando o sangue coagulado da facada eleitoral no povo, pra variar, bucha de canhão.

Com a boiada ambiental passando sob os olhos coniventes de quem jurou defender o Brasil e a Amazônia vendados por cargos comissionados da estrutura do governo, dançaram as florestas, os índios, as riquezas naturais. E não é um minueto. É o funk do quadradinho com todas as expressões sexuais que se aprende no TikTok. Estão arrombando a festa!

Então, antes que você me pergunte, com seu olhar de Capitu enluarada, por que estou desenrolando esse babado, mando na lata: agora é a hora do miudinho! Chamaram na chincha a diretoria do governo genocida.

Aqui, tem CPI pelo conjunto da obra negacionista xexelenta no gerenciamento da pandemia. 375 mil mortes depois...

Na Cúpula do Clima, convocada pelos USA, diante das maiores nações do mundo, sob o peso de um aumento de 216% de desmatamento na Amazônia Legal em relação a março do ano passado, haverá 3 minutos de “explicação” do inexplicável e promessas minúsculas, diante dos estragos e o desmonte feitos na estrutura de proteção ambiental nos últimos anos.

Tudo isso de pires na mão diante de quem, até outro dia, contrariando os princípios da diplomacia, o que fazia o negacionista? Negava. Justamente a lisura da eleição alheia. É palpite infeliz que chama a música?

Cronista, estou quase humano. Estou usando você. Transformando essa cartinha numa isca para ouvi-la gritando aos quatro cantos da cela em sua imaginação enclausurada por suas paixões viscerais. As águas, o Pantanal, a Amazônia, matas, rios, o meio ambiente. Enlouquecidamente!

Essa energia gerada da indignação é a única capaz de trincar os escudos da maldade acumulada que sustentam a cunha da destruição planetária. Só o grito gutural de amor e preservação tem poder para impedir a outra opção disponível. E tem que ser pra já. #ClimateAction. Se não forem os próprios humanos, estamos em prontidão para salvar a Terra do perigo eminente.

E você, cronista visionária, sabe perfeitamente qual será o primeiro inimigo a vencer na batalha pela vida no planeta. Aqueles que a ameaçam e destroem...    


*Valéria del Cueto é jornalista, fotógrafa, gestora de carnaval e colabora com o tyrannus. Crônica da série “Fábulas Fabulosas” do SEM FIM... http://delcueto.wordpress.com/

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
21.06.21 18h17 » O Eclipse*
21.06.21 18h17 » A ficção mágica de um sertanejo inquieto
14.06.21 18h50 » O Inominável (trecho inicial)
14.06.21 18h50 » Quando somente a arte parece simbolizar a liberdade*
14.06.21 13h47 » Ruptura
07.06.21 18h58 » A antiga dama*
07.06.21 18h58 » Seleção de frases*
31.05.21 18h57 » Governo*
31.05.21 18h53 » A escadaria do esquecimento*
24.05.21 19h17 » Abobrinhas na cristaleira*
24.05.21 19h17 » Passeio noturno*
17.05.21 17h05 » Entre irmãos*
17.05.21 17h05 » Um trio baiano*
10.05.21 19h30 » Menino Mau*
10.05.21 19h30 » A máquina mercante e a literatura contemporânea
03.05.21 19h00 » Evocando a figura materna
03.05.21 19h00 » Conta-Gotas*
26.04.21 17h14 » Coração Madeira (trecho)
26.04.21 17h14 » O gato*
22.04.21 08h00 » Danço eu, dança você

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet