FRASES

Evocando a figura materna



“Tenho irmãos, pai, mas não tenho mãe. Quem não tem mãe, não tem família.” (Platão)

“O amor de mãe por seu filho é diferente de qualquer outra coisa no mundo. Ele não obedece lei ou piedade, ele ousa todas as coisas e extermina sem remorso tudo o que ficar em seu caminho.” (Agatha Christie)

“Tudo é incerto neste mundo hediondo, mas não o amor de uma mãe.” (James Joyce)

“Sou severa. Não fico esperando Deus educar meu filho. Eu mesma o faço.” (Carolina Dieckmann)

“Rita Lee é minha mãe, eu beijo ela na boca sim, dá licença!” (Preta Gil)

“Toda mãe deveria se chamar maravilha.” (José Martí)

“Toda a mulher acaba por ficar igual à sua própria mãe. Essa é a sua tragédia. Nenhum homem fica igual à sua própria mãe. Essa é a sua tragédia.” (Oscar Wilde)

“No fim da tarde, nossa mãe aparecia nos fundos do quintal:
Meus filhos, o dia já envelheceu, entrem pra dentro.” (Manoel de Barros)

“A miséria de uma criança interessa a uma mãe, a miséria de um rapaz interessa a uma rapariga, a miséria de um velho não interessa a ninguém.” (Victor Hugo)

“E tal, balbuciando, ama e obedece à sua mãe, mas, quando adulto, deseja vê-la enterrada.” (Dante Alighieri)

“Uma mãe perdoa sempre: veio ao mundo para isso.” (Alexandre Dumas, o pai)

“Amamos as nossas mães quase sem o saber e só nos damos conta da profundidade das raízes desse amor no momento da derradeira separação.” (Guy de Maupassant)

“E tu, sozinho e pensativo na tua dor, procurarás a tua mãe, e nestes braços esconderás o teu rosto; no seio que nunca muda terás repouso.” (Giuseppe Giusti)

“Mães são filósofos instintivos.” (Harriet Beecher Stowe)


Frases reproduzidas do site https://www.frasesfamosas.com.br/

 

picasso

"Mãe e criança" (1902), Picasso


Voltar  

Confira também nesta seção:
06.08.22 15h44 » Ser ou não pobre*
02.08.22 21h00 » Criação literária*
02.08.22 21h00 » Alma*
28.07.22 09h11 » De cabeça pra baixo
26.07.22 21h22 » Uma pedra caiu no lago*
26.07.22 21h22 » A matança dos pretendentes*
18.07.22 18h00 » A messalina gaga*
18.07.22 18h00 » Adriana*
14.07.22 19h30 » Troco no Bar Moderno*
11.07.22 19h15 » “É doce morrer no mar”
05.07.22 17h08 » Yan Andréa Steiner*
05.07.22 17h04 » O coração de Alzira
27.06.22 20h27 » O retrato de Dorian Gray
27.06.22 20h23 » Doce recusa do olhar*
20.06.22 15h57 » O torresmo no contexto literário
20.06.22 15h57 » Procura-se um leitor
18.06.22 16h16 » O susto do meu pai*
18.06.22 09h58 » Chega de Saudade
13.06.22 18h08 » Noturno do Chile (excerto)
13.06.22 18h08 » Amor imorredouro*

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet