Ela*



- Não, aí a gnte lá na loja e eu, Mô, e esse aqui? Porque já tava difícil, e eu sozinha e nego ali necas, sabe. Pô. Desinteressado mesmo. Total. E eu cansada de carregar o sujeito nas costas, sabe? Aí eu, Mô, e esse aqui? E ele, Meio demais, né...? Cê me acredita numa coisa dessa? "Me-io-de-mais"...! Aí eu pum: Como assim "meio demais"? É exatamente o mesmo que a Vanda tinha lá na casa dela, que você disse, que ele tinha dito mesmo, o moloidão, que quando você foi lá na casa da Vanda, lá no Villa Parigi, puta condomínio lindo de morrer, sabe qual?, lá no Yauê, que a vanda, minha colega de escola a Vanda, um doce, fazia anos que eu não via, um amor. Mas tá um caco. Nossa. Caidaça. E ele tinha dito que era bonito. "Legal". Lá na casa dela, né. Só lá na casa chique dela. Tô pra ver. E eu, Você acha a Vanda a mior perua, então...? Por acaso, né? Porque ela tem exatamente esse aí-zinho lá na casa dela... E ele, Não sei... sei lá, Mô. De repente aqui no mostruário eu não consegui ter a noção assim direito. E pode? E eu, Mas diz de uma vez, criatura, que eu já estou um trapo de ficar batendo perna aqui de loja em loja, gostou ou não gostou. E eu até dei uma olhadinha pra moça, pra vendedora, que já tinha sacado tudo. Mulher, né? Deve ter um igualzinho em casa. E ele me faz uma puta cara de quem tá analisando e, É... no fim acho que vai ficar bacana mesmo, Mô. Aí eu não me segurei mais. Ai, me poupa. Vai crescer. Seja homem. Um pouco de personalidade também, né. Ah, fala sério...

 

*Conto reproduzido do livro "Sobre os canibais" (Companhia das Letras - 2019), de Caetano Galindo. Obra que consta na biblioteca do tyrannus. Em 2020 o site publicou "Ele", outro conto que tambén compõe a obra. Confira em...


https://www.tyrannusmelancholicus.com.br/cronicas/12573/ele


galindo

Caetano Waldrigues Galindo nasceu em Curitiba (PR), em 1973. Atua como escritor, tradutor e professor. Tem doutorado em linguística pela Universidade de São Paulo. É um dos principais tradutores do inglês e já verteu para português obras de autores como Thomas Pynchon, David Foster Wallace, Charles Darwin, J. D. Salinger e James Joyce, entre outros

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
16.05.22 16h34 » Estigmas e sintagmas
16.05.22 15h25 » A mariposa*
09.05.22 17h26 » O Filósofo Platão*
09.05.22 17h26 » O Palhaço*
02.05.22 14h33 » Calor*
02.05.22 14h33 » Coisas estranhas*
25.04.22 17h42 » Ela*
25.04.22 17h42 » LINHA DE CHEGADA
19.04.22 10h17 » Grande liderança brasileira
22.03.22 19h35 » A lebre dourada*
22.03.22 19h35 » As margens da alegria*
14.03.22 18h32 » Citações de uma grande filósofa
14.03.22 18h32 » A guerra, segundo13 homens influentes
12.03.22 17h22 » Sacode a poeira!
07.03.22 17h14 » Força centrípeta
28.02.22 17h20 » Antes do Baile Verde*
28.02.22 17h20 » A Bagaceira*
21.02.22 18h00 » País sem binóculos*
21.02.22 18h00 » Seleção de frases*
18.02.22 17h30 » É você!

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet