PROSA

Coisas estranhas*



Há quase treze anos escrevo e publico as minhas crônicas.

A primeira fase de publicação teve o seu início em 2009.

Além de publicá-las no meu blog do bar- do-bugre, também eram publicadas nos dois principais jornais da cidade, sites, blogs e revistas.

O dono de um desses sites de “nome incomum”, publicava as minhas crônicas, porém, nunca conversamos pessoalmente, nem ao menos pelo celular.

Passei quase cinco anos sem escrever, não sei o porquê.

Rotulei como “período de esgotamento intelectual”.

Há exatamente um ano voltei a escrever e publicar os textos diários no meu blog, e em uma única mídia social, de uns tempos para cá.

O blog de “nome esquisito” nunca mais publicou os meus textos.

O dono do blog não me disse a razão, e eu nunca também procurei saber o porquê desse veto.

Talvez por ele ter entrado para a Academia de Letras de Mato Grosso, e eu não possuir nem um mísero livro publicado.

No blog do bar-do-bugre, já coleciono mais de 2600 crônicas publicadas.

Nossa sazonal correspondência é feita por curtas frases e o assunto sempre era futebol.

Ele é pó de arroz e eu fogão.

Dia desses numa troca de mensagens, que imaginava concluída, ele por descuido esbarrou com os dedos no número do meu celular, que me chamou e desligou.

Nosso sistema de telefonia anda muito mal ultimamente.

Dizem os técnicos que há necessidade de aumento de torres de telefonia e da nossa rede para comunicações.

A ligação quase sempre cai quando conversamos.

Outras vezes as chamadas não são completadas.

Considerando esses problemas técnicos da telefonia, que espero ser sanado o mais rápido possível, resolvi chamá- lo.

Poderia ter algo a me dizer pela primeira vez utilizando o celular.

Ele atende.

Eu perguntei-lhe se tinha me chamado.

Ele me disse que não.

Remendou -, toquei sem querer o número do seu celular, após nossa conversa pelo zap.

Aproveitei desse erro para puxar conversa com uma pessoa que não conhecia pessoalmente.

Essa conversa pelo celular só terminou com o descarregamento das baterias.

A nossa longa e gostosa conversação também foi um modo de aguardar o horário do jogo do seu time com o Cuiabá.

Marcamos um encontro para nos conhecermos e continuar a conversa, agora presencial.

 

*Crônica reproduzida do endereço http://bar-do-bugre.blogspot.com/

 

divulgação

bie

Gabriel Novis Neves é bacharel em Medicina, com especialidade em Psicologia Médica e Obstetrícia pela UFRJ. Foi reitor da UFMT e soube fazer jus ao título de magnífico. Exerceu diversos cargos públicos: Secretário de Educação (1968-1970); Secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social do Governo do Estado de Mato Grosso (1983); Secretário Chefe da Casa Civil do Governo do Estado de Mato Grosso (1984); Secretário de Saúde do Governo do Estado de Mato Grosso (1984-1985). Foi, também, diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Cuiabá (Unic). Tem se mostrado um cronista voraz, hábil com as palavras e sabe conduzir seu raciocínio arguto produzindo textos divertidos e, eu diria, históricos. Suas palavras são sempre bem vindas no tyrannus. Aqui no site passarinho, houve um tempo em que ele era praticamente cotidiano, assim como as atualizações também eram diárias


Voltar  

Confira também nesta seção:
16.05.22 16h34 » Estigmas e sintagmas
16.05.22 15h25 » A mariposa*
09.05.22 17h26 » O Filósofo Platão*
09.05.22 17h26 » O Palhaço*
02.05.22 14h33 » Calor*
02.05.22 14h33 » Coisas estranhas*
25.04.22 17h42 » Ela*
25.04.22 17h42 » LINHA DE CHEGADA
19.04.22 10h17 » Grande liderança brasileira
22.03.22 19h35 » A lebre dourada*
22.03.22 19h35 » As margens da alegria*
14.03.22 18h32 » Citações de uma grande filósofa
14.03.22 18h32 » A guerra, segundo13 homens influentes
12.03.22 17h22 » Sacode a poeira!
07.03.22 17h14 » Força centrípeta
28.02.22 17h20 » Antes do Baile Verde*
28.02.22 17h20 » A Bagaceira*
21.02.22 18h00 » País sem binóculos*
21.02.22 18h00 » Seleção de frases*
18.02.22 17h30 » É você!

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet