Sexta, 31 de dezembro de 2010, 20h14
Feliz 2011





Uma flor do nosso jardim
era uma vez um blog
e eu aqui, grogue,
a escrever o último poema do ano.
era uma vez um texto
e o meu lado humano
meio palavra, meio pretexto.
agora é que são elas,
a hora h de coisas belas
que desejo, quero e vou conseguir
seja todo prosa, seja todo poesia...
a palavra é o dom de iludir.
2011 vêm com a magia
que sobrecarrega o futuro,
o futuro que é meu presente
e que me deixa mais osso duro.
não se entristeça nem se apoquente
com a sua vida.
seja valente. Vale a ilusão,
o verso e sua rima preferida.
seu caminho, agora, é caminhão.
no ano novo, muita coisa cabe.
grave no seu coração a felicidade.


2011 é nóis !!!!!!!




Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: https://www.tyrannusmelancholicus.com.br/