Sábado, 11 de dezembro de 2021, 16h16
LANÇAMENTO/LIVRO
Obra do saudoso Moacyr Freitas

Redação*

arraial miolo

 

O Centro Histórico de Cuiabá será o espaço de lançamento do livro "Cuiabá: de arraial a Vila Real", do arquiteto e historiador Moacyr Freitas. No dia 14 de dezembro (terça-feira), no espaço de eventos Cuyaverá, a Academia de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso, a Entrelinhas Editora e a família de Moacyr Freitas convidam para uma homenagem ao arquiteto que faleceu em 21 de agosto de 2021.

“Felizmente Moacyr teve tempo de alegrar-se com este livro que tinha acabado de chegar na editora”, conta Maria Teresa Carrión Carracedo, da Entrelinhas. “Lamentamos mais essa grande perda para a cultura mato-grossense. O autor prestou contribuição inestimável para Cuiabá e Mato Grosso na área da arquitetura e como ilustrador de muitos trabalhos relativos à história de Cuiabá e do Estado", acrescenta Carracedo. E ela rememora a relação da editora com o autor, que começou em 2002, quando ele propôs à professora Elizabeth Madureira Siqueira publicar seus quadros históricos do período colonial na primeira edição do livro que a Entrelinhas está  finalizando, "História de Mato Grosso: da ancestralidade aos dias atuais".

Moacyr relata, no prefácio do livro que chega, seu entusiasmo com as comemorações do tricentenário de Cuiabá e foi tomado pelo desejo de mostrar aos seus concidadãos como a cidade começou a existir, a partir do que ele tinha lido e aprendido sobre sua história ao longo de toda a sua vida. “Conto aqui ao leitor curioso, de forma ilustrada, os acontecimentos, onde eles se desenrolaram, quando tudo aconteceu e com quem. Daí as despretensiosas frases sem termos rebuscados da literatura clássica, em busca de uma comunicação fácil, fluida. Os escritos buscam uma abordagem didática, com o suporte da farta ilustração que os acompanha. Os desenhos nos ajudam a imaginar como tudo aconteceu”, revelou o autor, que encerra assim a sua apresentação: “Este livro apresenta uma visão retrospectiva da gigantesca empresa de transformação de uma terra vasta, considerada selvagem, em uma grande e próspera região. Essa inigualável aventura, com seus personagens, é apresentada de forma cronológica e nos oferece uma visão épica e grandiosa do processo de construção do território, hoje Cuiabá e Mato Grosso”, escreveu o autor.

O presidente da Academia de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso, Eduardo Chiletto, registra a importância da vida e obra do autor: “Com seus traços suaves... desenhou a vida cotidiana dos habitantes da cidade e de como Cuiabá evoluiu. É importante ressaltar o valor histórico, cultural e simbólico deste grande ser humano, o arquiteto Moacyr Freitas. Ele foi o segundo arquiteto do Estado de Mato Grosso... Com Moacyr aprendemos que a vida não apenas acontece, ela requer nossa participação. Estamos ligados ao Universo dentro e fora de nós mesmos. Tudo que nos cerca nos dá indícios de nosso estado interior. Temos que fazer em nós o que queremos em nossas Vidas. Na sabedoria popular aprendi que ‘existem pessoas raras, sentimentos nobres e almas puras… Ainda há sorrisos sinceros, abraços que curam, palavras que cicatrizam. Existe quem ama sem falar em amor. Ah… existe sim!’. Moacyr Freitas era uma dessas pessoas”, escreveu Chiletto.

Idalina Falcão Freitas, viúva, manifestou em nome da família o seu orgulho pelo lançamento do “último livro escrito, ilustrado e editado antes do falecimento de Moacyr. Um presente para a família, amigos e estudiosos da cultura e história da nossa cidade. Agradeço a todos pelo carinho e acolhimento nesses últimos meses e espero encontrá-los nessa linda cerimônia!”

Sobre o autor

Moacyr Freitas (1935-2021) é uma referência na história da arquitetura e na arquitetura de Cuiabá e Mato Grosso e na ilustração de momentos históricos da capital mato-grossense e do Estado. Cuiabano, arquiteto com obras importantes na capital, foi professor fundador da Universidade Federal de Mato Grosso e pesquisador da história de Cuiabá e Mato Grosso. Autor de obras sobre a história da capital mato-grossense, como: Fundação de Cuiabá – História ilustrada; Primeiros tempos da Vila Real do Senhor Bom Jesus de Cuiabá; E o tempo passou!. Pintou em acrílica sobre tela Quadros históricos de Mato Grosso – nos períodos Colonial e Provincial, e os publicou, em coautoria com o pesquisador e historiador Paulo Pitaluga Costa e Silva. As obras hoje constituem uma coleção de 60 pinturas pertencentes ao governo do Estado de Mato Grosso – entre outras tantas contribuições em artigos e desenhos históricos. Foi membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso. Foi membro da Academia de Arquitetura e Urbanismo do Estado de Mato Grosso, ocupando a cadeira número 5. Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade do Brasil (RJ). (*com assessoria)

ricardo carracedo

arraial miolo

Moacyr, grande artista que nos deixou em 2021, por ele mesmo

 

SERVIÇO

O QUE: Lançamento do livro "Cuiabá: de arraial a Vila Real", de Moacyr Freitas, pela Entrelinhas Editora; 96 páginas ilustradas, no formato 19,5 x 26 cm.
ONDE: no espaço Cuyaverá, no Centro Histórico de Cuiabá (Rua Pedro Celestino 316)
QUANDO: dia 14 de dezembro às 19 horas
VALOR DO INVESTIMENTO NO LANÇAMENTO: R$ 60; 
VALOR APÓS LANÇAMENTO: R$ 68,90

--


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: https://www.tyrannusmelancholicus.com.br/