Segunda, 07 de fevereiro de 2022, 20h55
VERSO
Clarissa Macedo


Rejeição*

 

Teu olhar ginecológico
habita o meu aquário
de usuras e medos.

Profissional, asséptico e vidrado
o deslocar dos teus olhos
ofende o meu útero,
cansado da espera.

Enquanto me curo da tua ausência
da tua face clínica e distante,
que jamais arranca o chamado do meu apelo,
bordo a falsa flor,
laureada de armadilha,
clandestina
como a agulha que não soube usar
e que espetei na casa mais alta do teu coração.

 

*Reproduzido da Revista Cândido da Biblioteca Pública do Paraná e que integra o livro "A Casa Mais Alta do Teu Coração" — 1º lugar no Prêmio Biblioteca Digital 2021, categoria Poesia ( https://www.bpp.pr.gov.br/Candido/ )

divulgação

CLARISSA

Clarissa Macedo nasceu em Salvador (BA). É mestra e doutora em Literatura e Cultura, escritora, revisora, pesquisadora e professora. Publicou os livros "O Trem Vermelho que Partiu das Cinzas" (2014), "Na Pata do Cavalo Há Sete Abismos" (2017), vencedor do Prêmio Braskem Nacional da Academia de Letras da Bahia e traduzido para o inglês e espanhol, e "O Nome do Mapa e Outros Mitos de Um Tempo Chamado Aflição" (2019)

 


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: https://www.tyrannusmelancholicus.com.br/