Segunda, 30 de maio de 2022, 14h15
VERSO
Carlos "Gato" Martínez


As tardes*

 

O tempo ultimará estas aves
intactas persistirão
seus voos no ar

O tempo consumirá nossas flores
inextinguíveis durarão
seus perfumes

O tempo derruirá nossos lábios
inesgotável seguirá
o beijo

O tempo devastará certamente o amor
irredutível permanecerá
a memória

O tempo apagará datas, nomes e lugares
mas intactas
ficarão as tardes.



*Reproduzido do site http://www.antoniomiranda.com.br/, com tradução de Antonio Miranda

carlos gato

O colombiano Carlos `Gato Martínez nasceu em Bogotá (1979). Estudou música e especializou-se em Pedagogia e Ciências da Educação. Tem participado de projetos relacionados com a defesa dos direitos humanos e da justiça social. Já trabalhou como promotor da leitura na Rede de Bibliotecas de Bogotá, e em projetos afins. É sócio fundador da revista ´Surgente: cartas informais´. Entre suas principais publicações estão a coletânea de poemas `Rumores de músicas distantes´ (primeiro prêmio Bogotá: um livro aberto, 2011), `Confabulaciones´ (2014), o livro de contos ´Viceversa´ (2016) e o romance ´O amor é dançar´, finalista em Concurso Nacional de Crônica. Já esteve presente em vários festivais literários


Fonte: Tyrannus Melancholicus
Visite o website: https://www.tyrannusmelancholicus.com.br/