FESTIVAL MUVUKA

Pessoas pretas, periféricas e LGBT´s



muvuka miolo

 

Começa nesta quinta-feira (9) e prossegue até o sábado (11) o “Festival Cultural Muvuka”, que reúne projetos artísticos protagonizados por pessoas pretas, jovens, periféricas e LGBT’s. O evento põe na roda produções culturais desses artistas, evidenciando a potência de seus corpos e celebrando suas vidas, contribuindo na luta de resistência dessa parcela da  população que, costumeiramente, tem sido alvo de discriminações e preconceitos.

A abertura do Muvuka acontece às 19h desta quinta-feira, com a performance poética "Poesias de Resistência de uma Travesti, Periférica e Preta de Mato Grosso”.  A performance, livre para todas as idades, tem transmissão ao vivo pelo instagram @lupiamorim. A live terá a presença de intérprete de libras.

O festival acontece através do edital Movimentar Cultura, da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer do Estado de Mato Grosso (Secel-MT); com apoio do Brechó Pixé e Centro Cultural Casa das Pretas. Lupita Amorim, que abre a programação, é a proponente do projeto.

Após a performance de Lupita, o Festival Cultural Muvuka prossegue na sexta e no sábado com outras lives, explorando temas específicos e participações de mais artistas.

Lupita

Lupita Amorim tem 23 anos e é varzeagrandense. É multiartista enquanto atriz, modelo, dançarina, poetisa, graduanda em Ciências Sociais na UFMT. Atualmente esta na coordenação do Coletivo Negro Universitário UFMT e é conselheira representando os estudantes LGBT’s no Conselho de Políticas de Ações Afirmativas da UFMT. 

A artista divide sua vida e produções entre a universidade, militância e arte, pautando a partir de suas movimentações as urgências da população travesti preta, pobre e periférica. Tem publicações em sites, e-books online e foi selecionada na 1ª e 2° Edição da Revista do Selo Itan de Literatura; ficou em 1º lugar no I Prêmio Rodivaldo Ribeiro de Literatura, na categoria poesia, com o texto “Amando uma travesty preta”.

Sua poesia “meu cabelo, nossos códigos” foi contemplada no livro “Quarentena Poética”, da Editora Ases da Literatura; e seu conto “Bem-vinda, travesti”, está no livro de contos do Selo Off Flip de Literatura de 2021. (*com assessoria)


Sexta e sábado

Confira nos banners abaixo os temas, onde assistir e participantes das próximas lives.

muvuka miolo dia 10

 

muvuka miolo 11

 

 

 

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet