MÉDIA-METRAGEM

Híbrido entre documentário e videoarte



henrique santian

francisaca miolo

Francisca Correa da Costa tem 108 anos, nasceu na região de Lixeira, Lagoinha de Baixo, zona rural de Chapada dos Guimarães. Vó Francisca, conforme costuma ser chamada, é mãe de 12 filhos e parteira desde os seus 10 anos de idade.

Ganha sua primeira exibição na próxima quinta-feira (20) o média-metragem “Fé de Francisca”. Uma homenagem para a benzedeira Francisca Correa da Costa, de 108 anos. A exibição acontece, a partir das 20h, no espaço Aldeia Velha, em Chapada dos Guimarães. Faz parte de uma programação que se estende até o domingo, começando sempre às 20h, que inclui apresentação musical de Paulo Monarco e Henrique Santian.

A produção, dirigida por Henrique Santian, é um híbrido entre documentário e videoarte, que retrata os saberes tradicionais de Francisca. "Ela nos convida, em sua fala mansa, para um mergulho no mundo deste universo encantado. A cura pela fé, o poder das plantas medicinais e suas memórias afetivas nos permitem perspectivas sensoriais, que são narradas artisticamente por personagens que afloram sua ancestralidade, produzido com vários artistas performers e contendo o altar de Francisca como instalação artística", relata Santian.

O projeto foi idealizado pelo fotógrafo-documentarista e produtor audiovisual Henrique Santian. De acordo com ele, "Fé de Francisca" é fruto de uma relação singular e intuitiva, de afeto e trabalho. Há sete anos, o produtor documenta artisticamente a vida de Francisca em registros fotográficos, vídeos e áudios. "Durante este tempo, grande parte se fez por respeito. No afeto dessa amizade, o tempo trouxe o merecimento de iniciar este trabalho", afirma Santian.

Em 2021, Santian foi selecionado com o projeto transmídia "A Fé de Francisca", aprovado e selecionado em primeiro lugar no edital "Conexão Mestre da Cultura", realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel-MT). 

Por questões de ineditismo, o diretor frisa que o filme será lançado apenas em sessões presenciais sem veiculações virtuais. Acompanhe o cronograma de lançamento das próximas exibições pelo site https://www.santian.com.br/.  

Transmídia

Além do média-metragem, o projeto contempla outros segmentos. Há intervenções urbanas que estão sendo realizada por Caio Ribeiro e Santian com colagem de cartazes e lambe-lambe impressos montados por André Gorayeb, com arte de Mavi e Paty Wolff; e há também um álbum composto por músicas inéditas para homenagear a benzedeira centenária.

O projeto também conta com uma exposição curada por Oswaldo de Carvalho Julho, que  traz o olhar sensível e artístico do fotógrafo Henrique Santian em mais de 30 fotografias do acervo do projeto com inéditas.

"Estruturamos esse projeto amplo e diverso para tentar traduzir, com as mais variadas formas de arte, a grandeza da vó Francisca. Ela faz parte da vida de muitas pessoas e o projeto é uma tentativa de chegar ao tamanho e relevância da vida de Francisca", explica Oswaldo.

Vó Francisca

Francisca Correa da Costa, 108 anos, nasceu na região de Lixeira, Lagoinha de Baixo, zona rural de Chapada dos Guimarães, Mato Grosso. Vó Francisca, mãe de 12 filhos, parteira desde os seus 10 anos de idade, tem também um reconhecido trabalho na cura pela fé e pelas plantas do cerrado. Sua humildade, pluralidade com a religião e seu altruísmo inspiram a todos. (*com assessoria)

 


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet