DESASSOSSEGO

Letras para além das fronteiras literárias



Saramago e Pilar no melhor estilo 'besame mucho'

Lisboa e São Paulo celebraram este 16/11 como "Dia do Desassossego". José Saramago, que morreu em 2010, se estivesse vivo, completaria 90 anos nesta data. Data decretada por iniciativa de Pilar del Río, viúva do escritor português, e que teve sua nominação emprestada de outro literato daquele país, Fernando Pessoa, autor do "Livro do Desassossego".

Pilar, que está à frente da Fundação Saramago, enfatiza que os valores das letras desse autor, que conquistou o Nobel de Literatura (1998), ultrapassaram as fronteiras literárias em direção à sociedade global. Lembra ela que seu marido dizia escrever para "desassossegar".

"Consideramos indispensável que governos e cidadãos apliquem-se a fundo para fazer do mundo algo mais que um lugar agradável para uns poucos e um inferno para a maioria", defendeu Pilar, em entrevista à Folha de São Paulo.

Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet