LEITURA DRAMATIZADA

Interpretação acontece em duas sessões



Para esta quarta-feira (28) o "Poesia, Versos e Cordas", que combina artes como literatura, teatro e música; evoca um dos maiores escritores da literatura contemporânea japonesa, Yukio Mishima (1925-1970). A entrada é franca.

A leitura de "Confissões de uma máscara",obra escrita quando o autor tinha apenas 24 anos, caberá a Fredyson Cunha, e acontece em duas sessões: às 15 e 20h no Teatro do Sesc Arsenal. O texto que apresenta esta leitura dramatizada começa questionando: "É possível construir uma obra sem falar de si mesmo, sem se colocar como assunto? Esta é uma pergunta retórica, a resposta é íntima e reflexiva".

Mishima viveu apenas 45 anos, mas, nesse seu pouco tempo de vida, produziu o retrato de si profusamente. Tratou de seus desejos e idealizações de mundo, onde tudo deveria ser perfeito. Na impossibilidade disso, sai de cena, calculadamente.

"Confissões de uma máscara" é obra autobiográfica centralizada num jovem talento homossexual que precisa se esconder atrás de uma máscara para evitar a sociedade. O romance acabou alcançando um tremendo sucesso literário, o que levou Mishima a um estado de celebridade e seguiu a outras publicações e traduções, de forma a ficar internacionalmente conhecido. Yukio Mishima concorreu a três Prêmios Nobel de literatura.


Voltar  

Agenda Cultural

Veja Mais

Últimas Notícias

Mais Notícias

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet