VERSO

Danilo Zanirato

Você serve a mim*

 

Você serve a mim
Na justa medida
De um homem
E de um poeta.

Para o homem
Você dá
Tudo o que de melhor tem:

A doce teia de tua boca
O fruto maduro dos teus seios
O banho cálido com tuas mãos e esponja.

Para o poeta
Você serve,
Com suas asas de anjo
E sorriso de Dama da Noite,
Um completo banquete
De rimas e versos.

 

*Poema enviado pelo autor, solicitado pelo tyrannus

zanirato miolo

Danilo Zanirato nasceu em Rolândia (PR), mas vive em Cuiabá há 36 anos. É médico ginecologista e escreve poesia desde a adolescência. Costuma publicá-las nas redes sociais. Já lançou o romance "O Arquipélago de Dâmocles" (2020) e lançará brevemente "Mar de Solidão". Junto com Nenêto de Arruda e Sá, organizou a coletânea "Poetas da Praça"


Voltar  

Confira também nesta seção:
23.05.22 17h29 » Luis Dolhnikoff
16.05.22 17h30 » Renée Ferrer
09.05.22 17h26 » Pedro Vale
02.05.22 14h33 » Jessica Stori
25.04.22 17h43 » Bianca Barbosa
19.04.22 08h00 » Erro de português
19.04.22 00h10 » Kiara Baco Anhôn
08.04.22 16h41 » Cuiabanália
22.03.22 19h36 » Emilio Villa
14.03.22 18h32 » Lua Lacerda
07.03.22 17h14 » Eliete Borges
07.03.22 17h14 » Instruções de bordo*
28.02.22 17h20 » Naomi Shihab Nye
21.02.22 18h00 » Arthur Santos
14.02.22 18h00 » Zeh Gustavo
07.02.22 20h55 » Clarissa Macedo
31.01.22 19h37 » Boécio
24.01.22 18h48 » Al Berto
17.01.22 20h11 » Betty Chiz
10.01.22 20h00 » Amarildo Anzolin

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet