VERSO

Amarildo Anzolin

Prece*

a árvore não liga
para a vida que passa
o pássaro não lida mais
só avoa
o sol — labareda que esbraveja —
não trabalha
a pedra dá ao mar
a outra face
e eu ainda aqui
preocupado com tudo

 

*Poema reproduzido do site http://sibila.com.br/

amarildo

Nascido em Curitiba (PR), mas estabelecido atualmente em São Paulo, Amarildo Anzolin é um poeta instigante e multimidiático. Sua poesia tem um procedimento experimental e, para obtê-la, ele usa e abusa de veículos disponíveis como o computador, o vídeo e instrumentos musicais, gerando uma confluência de linguagens. Já publicou os trabalhos de poesia "Evite permanecer nesta área" (livro, 2012), "Cânone" (DVD, 2007), "Eu também" (livro-CD, 2003), "Única - coisa" (livro-CD-vídeo, 2000), "Igual" (livro, 1998) e "Co-lapso" (livro, 1995)

 

 

 


Voltar  

Confira também nesta seção:
16.05.22 17h30 » Renée Ferrer
09.05.22 17h26 » Pedro Vale
02.05.22 14h33 » Jessica Stori
25.04.22 17h43 » Bianca Barbosa
19.04.22 08h00 » Erro de português
19.04.22 00h10 » Kiara Baco Anhôn
08.04.22 16h41 » Cuiabanália
22.03.22 19h36 » Emilio Villa
14.03.22 18h32 » Lua Lacerda
07.03.22 17h14 » Eliete Borges
07.03.22 17h14 » Instruções de bordo*
28.02.22 17h20 » Naomi Shihab Nye
21.02.22 18h00 » Arthur Santos
14.02.22 18h00 » Zeh Gustavo
07.02.22 20h55 » Clarissa Macedo
31.01.22 19h37 » Boécio
24.01.22 18h48 » Al Berto
17.01.22 20h11 » Betty Chiz
10.01.22 20h00 » Amarildo Anzolin
28.12.21 20h18 » Ferreira Gullar

Agenda Cultural

Veja Mais

Newsletter

Preencha o formulário abaixo para receber nossa newsletter:

  • Nome:

  • Email:


  • assinar

  • cancelar


Copyright © 2012 Tyrannus Melancholicus - Todos os direitos reservadosTrinix Internet